sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Transgressões saudáveis a todos

Enfim... o fim de 2009! Daqui a pouco tem as retrospectivas, os shows de fim de ano e tudo mais. O fim é o começo de novas atrações, é quando as TV´s nos oferecem programas com shows de artistas populares e mini-séries diferenciadas. Este fenômeno midiático de fim de ano é algo tão surreal quanto o velho barbudo chegar com seu saco cheio por uma chaminé aqui no Brasil, onde as casas raramente tem chaminés.

...

“Hoje tem show na Band!” – disse meu companheiro de trabalho. Se dirigiu pra frente da tela e colocou no show do Leonardo. “Pô legal!” – disse pra ele.
Não escuto Leonardo, mas pro meu amigo foi um ótimo show. A minha indagação é a seguinte: por que a porra desses shows é só de fim de ano? Por que esses canais abertos não abrem mais espaço pra cultura?

...

Estava ouvindo uma música do Rancid – Highway – que fala de fazer músicas com os amigos, de tocar em casas de show, de viver na estrada. Pois é... a cultura, a arte em geral é algo que já era! A valorização disso tudo ficou apenas nas mãos dos malditos? A grande mídia diz que não, que valorizam a arte, já que em datas especiais colocam programação especial, com diversos artistas e cantores.

...

Quanta hipocrisia achar que é algo bom no fim de ano vermos um Roberto Carlos da vida ou um Leonardo. Deveria haver shows pro grande público, dos mais variados estilos, com freqüência!
Mas isso já é exagero pra mídia, afinal eles não querem criar um grande público critico e conhecedor da nossa música. Seria demais até pro velho sacudo e barbudo.

...

Passamos por um período de grande transgressão. O Arruda fala com propriedade sobre panetones. Um filho da puta enche uma criança de agulhas. Um médico estupra mulheres sedadas, as fertiliza de forma indevida... e o que é pior! Está solto... e olha só! O Gilmar Mendes já soltou...

Não farei retrospectiva. Quer lembrar o que aconteceu... assista a Globo. Até porque é mais completo, com coisas boas e ruins... eu não sou tão positivo assim.

“No Brasil só não fica preso quem tem dinheiro” – disse Rogério a pouco pra mim, um cidadão que parece salva vidas da antiga série S.O.S Malibu e que trabalha de manobrista aqui no meu mais novo emprego. O cara fala ´estrupo´ ao invés de estupro... mas como vou discordar da sua opinião sobre nossa justiça, já que um médico que fodeu a vida de mulheres por aí... sai da cadeia, solto por uma grande autoridade da nossa ´super-justiça´.

...

“Pô Maicon, se eu fizer uma merda por aí eu to é fodido” – “Nós estamos” – me respondeu o outro companheiro de setor aqui no meu trabalho.
Já que não temos dinheiro pra estar acima da lei, não há retrospectiva e nem perspectiva judicialmente falando.

...

Então vamos ouvir a música da revolta... as transgressoras mesmo... pois através da arte podemos sair do banal ou irmos ao banal... ou muito mais possibilidades... não sei... mas é melhor poder viajar... baixar músicas... sermos piratas que usurpam algo... já que estamos sendo usurpados cada dia mais...

Não deixem pra viajar apenas no fim de ano. Não é só no fim de ano que existe uma boa programação, pois é você que se programa.

Viaje amigo... pra quantos lugares quiser.

E transgressões saudáveis a todos... pois 2010 será mais foda.

5 comentários:

  1. Então... Vamos viajar! Hahahaha! Triste a nossa situação, meu Amigo! Mas vamos levando, sem muita indignação porque espero, de coração, que 2010 possa ser melhor! :)
    Beijokas para você!

    ResponderExcluir
  2. 2010 será foda...
    bjo tati...

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Sim, 2010!!! Faltarão apenas 2 anos para 2012 e terão passados 10 anos desde o bug do milênio... Sim!!! Com sempre, tudo será diferente!!!
    (agora sim)

    ResponderExcluir